Concerto Renascimento

DIÁRIO DE BORDO 22 de novembro de 2017 Por O Divulgador

A Fundação Raimundo Fagner traz ao público cearense uma ótima oportunidade de conhecer através da música, um dos períodos de maior efervescência cultural européia, o Renascentismo. Por intermédio do concerto Renascimento: cantando histórias entre mitos e paixões, composto por 65 crianças, entre 6 e 13 anos de idade, oriundas, na sua maioria, das escolas públicas de Fortaleza, a plateia poderá desfrutar de uma primorosa releitura da Renascença. O concerto acontece no Foyer do Theatro José de Alencar, às 18h nos dias 25 e 26 de novembro, encerrando dia 29 às 18h no Cuca Mondubim.

Foto: Johnson Rocha

O concerto renascentista da Fundação Social Raimundo Fagner apresenta 13 peças e ressalta acontecimentos, no âmbito das artes, do período, colocando em evidência a música sacra para coro, música instrumental e o cânone, características musicais da época, através de célebres histórias como Kyrie, de William Byrd; Jesu Rex Admirabilis, de Giovanni Pierluigi da Palestrina; Allemande, de Clau de Gervaile; Gavota, de Michael Praetorius; El Grillo, de Josquin des Prez e Triste España, de Juan del Encina.

O recital traz consigo histórias, entre mitos e paixões, célebres como Romeu e Julieta, de William Shakespeare, com base nas peças Greensleaves, de autor desconhecido, Romeu e Julieta, de Lindemberg Monroe; Lamento d’amore, de Johnson Rocha; e Orfeu, contada a partir da Toccat e do Prologo da Ópera L’Orfeu, de Claudio Monteverdi.

Por fim, a peça Venid a suspirar al verde prado, do Cancioneiro de Belém, retratando sobre o Brasil renascentista. As encenações lúdicas são feitas por crianças, que, através da Instituição, puderam desfrutar da história da música erudita. A ideia é passar para o público as caracteristicas marcantes do renascimento incluindo não só a música, mas todas as artes do período.

As obras foram adaptadas pelo maestro Eduardo Saboya, músico pós graduado em Arte e Educação para o ensino da música, com experiência nas práticas de regência, canto coral, técnica vocal, flauta doce, violão, percussão e musicalização infantil. Para o maestro todas as etapas aplicadas foram fundamentais para a realização do concerto. Desde o primeiro dia letivo deste ano os educadores se envolveram para ensinar sobre essa época aos alunos, resultando na formação do recital que saiu da sala de aula para apresentação em espaços públicos culturais da cidade.

SERVIÇO:

CONCERTO RENASCENTISTA

Foyer do Theatro José de Alencar, às 18h, nos dias 25 (sábado) e 26 (domingo) de novembro.

Cuca Mondubim no dia 29 (quarta-feira) às 18h.

Entrada gratuita.