Dia do Bailarino

ESFERA CULTURAL 2 de setembro de 2019 Por Maria Di Maria

(Foto: Alan Santos)

O Ballet é um dos estilos mais clássicos do mundo, surgiu no século XVI nas Cortes Italianas, como diversão para a nobreza da época, hoje em dia,  é conhecido e disseminado mundialmente e, para quem ama a dança, um dos estilos mais procurados, pois além de encher os olhos e o coração de quem vê, trabalha o corpo e o senso de coordenação e disciplina das pessoas.

Chegou ao Brasil em 1927, trazido pela bailarina russa Maria Oleneva, que fundou a Escola de Danças Clássicas do Teatro Municipal do Rio de Janeiro, hoje, um dos principais centros de formação de bailarinos do país.

(Foto: Alan Santos)

Aqui, dia 1º de Setembro, é comemorado o Dia da Bailarina ou Bailarino, um dia que celebra todos aqueles que, de alguma forma, estão envolvidos com o “mundo encantado” dessa dança à qual grandes nomes como Ana Botafogo e Thiago Soares se dedicam.

No município de Eusébio, região Metropolitana de Fortaleza-CE, aonde a Secretaria de Cultura é um órgão muito ativo há quatro anos, acontece uma comemoração, regada à muita dança, a este dia.

(Foto: Alan Santos)

No palco do Dia da Bailarina, já passaram mais de 400 bailarinos e bailarinas que são atendidos pelo Núcleo de Arte e Cultura Aluísio Bruno – NAEC, localizado na cidade, que, vale salientar, desenvolve um trabalho fantástico voltado para educação artística no geral (dança, música, teatro, entre outros), e convidados como a Escola de Dança Giselle Frota.

Este ano, 2019, aconteceu no dia 30 de Agosto e as apresentações não foram apenas de Ballet Clássico. Para homenagear esse dia tão especial, aconteceram performances de Ballet, Hip Hop, Dança Contemporânea, Estilo Livre e Dança do ventre.

(Foto: Alan Santos)

Nós do Portal O Divulgador, parabenizamos e desejamos e vida longa àqueles que estão envolvidos no mundo do Ballet!

“Ser bailarina não é só de corpo, é de alma.
Ser bailarina é contagiar pela alegria e doçura no olhar,
É dançar como o vento move as folhas,
É sentir a música e emocionar-se,
É amar e amar-se…”

(Yasmine Camargo)

Publicidade