Protesto, regionalismo e diversidade marcam os desfiles da primeira noite do DFB Festival

SOUL DA MODA 16 de maio de 2019 Por Luciano Maia

Na primeira noite de Dragão Fashion Brasil já sentimos que essa edição veio para ficar pra história. Com muito protesto, regionalismo e diversidade, os estilistas e marcas apresentaram coleções encantadoras, e com a cara do nosso Ceará. Confiram agora um breve resumo sobre cada desfile e algumas fotos para quem não foi ver quantas coisas lindas foram apresentadas e para quem foi já ficar na saudade.


A marca masculina de beach life, Parko, apresentou um desfile super comercial, o que é perfeito para o público, que poderá encontrar (certamente) as peças desfiladas na loja em breve. Trazendo a praia para a rua, a marca ofereceu um mix de looks praieiros para o dia a dia, perfeito para o clima cearense.


O jovem estilista, Vitor Cunha, que estreou no DFB desse ano, apresentou uma linda coleção masculina trazendo uma overdose de peças únicas (jardineiras e macacões), em cores que pintam o céu num belíssimo pôr do sol, laranja, amarelo e azul. Destaque para os detalhes em macramê, presente em (quase) todas as peças, e para o acabamento perfeito dos looks. Foi uma linda estréia!


Outro jovem estilista, Caio Nascimento, trouxe a moda em forma de protesto para as passarelas, onde palavras de resistência estampavam os looks. Encontramos forte presença do jeans e um toque de linho nas produções.


Certamente o ponto alto da noite, o desfile da estilista Almerinda Maria foi impecável, do começo ao fim. A coleção da estilista elevou o nível quando o assunto é renda. Uma festa chique, assim defino, onde o trabalho artesanal saiu do rústico e alcançou a alta moda, digno de ser apresentado em qualquer semana de moda do mundo. Difícil escolher um look assinatura, mas vou deixar aqui dois que me apaixonaram (o preto e o laranja com cauda).


A marca Homem do Sapato trouxe pisantes modernos e contemporâneos, feitos em sua maioria em couro. O desfile apresentou modelos diversos, que se identificam com os diferentes estilos do homem atual.


A estilista Gisela Frank trouxe uma experiência incrível para a passarela, mexendo com os sentidos do público. Sons, aromas e texturas foram apresentados num desfile poético, onde cores claras, como lavanda e tons orgânicos, deram leveza aos looks fluidos e cheios de camadas e babados. Um verdadeiro desfile de fadas na floresta.


Encerrando a noite, a gigante do beach wear nacional, Água de Coco, trouxe um sertão chique, luxuoso e quente, onde o brilho do lurex, os tons terrosos e estampas com motivos nordestinos trouxeram o calor do verão de forma ousada e sofisticada. Difícil não se encantar por todos os looks.

Fotos: Roberta Braga e Chico Gomes _ BACKSTAGE por Nicolas Gondim

Publicidade
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x